segunda-feira, 23 de abril de 2012

Histórias Extraordinárias - Edgar Allan Poe

Título: Histórias Extraordinárias
Tradução de: Tales of the grotesque and arabesque.
Autor: Edgar Allan Poe
Tradução e adaptação: Clarice Lispector
Editora: Nova Fronteira
Edição: Especial Saraiva de Bolso
Páginas: 134
ISBN: 978.85.209.2720-5
"...E a morte invade
Os meus sentidos, na ilha peregrina,
Tão de leve, que nem sequer pressente
O adormecido que ela está presente".
- Do poema "Al Aaraaf" de E. A. Poe

Histórias extraordinárias é uma coletânea de 18 contos publicados entre 1833 e 1845. São histórias clássicas da literatura de terror policial, como "Os crimes da rua Morgue" - em que violentos assassinatos sm pistas desafiam o gênio do detetive C. Auguste Dupin - e "O barril de Amontilhado" - um dos relatos mais cruéis de Poe, em que a vingança chega ao seu maior grau e é executada com total frieza.

Contos de terror e suspense existem aos montes por aí. Sempre gostei da leitura ágil e objetiva, porém não menos profunda, de bons livros de contos. Mas quando terminei de ler Histórias Extraordinárias me dei conta de que eu desconhecia um dos melhores. É claro que já ouvira muito sobre Poe e a fama de suas histórias mórbidas, mas não lera nada dele até então. Foi sem dúvida uma surpresa maravilhosa ler alguns de seus contos mais famosos reunidos nesse livro. Por isso é uma honra apresentar aos leitores do blog esta pequena parcela da obra desse escritor tão digno de ser apreciado.
Não poderia falar de todos os 18 contos em um único post, por isso escolhi três deles de que mais gosto. O primeiro é O Gato Preto, possivelmente é o conto mais famoso de Allan Poe. Conta a história de um homem que amava animais, e quando se casou tinha um gato preto. Com o tempo ele acabou caindo no vício do álcool e seu casamento ficou comprometido. Este homem tinha crises constantes humor, tornou-se agressivo, e descontava a raiva na esposa e no gato. Um dia em uma dessas crises ele fura o olho do gato. Isso faz com que sua raiva aumente ainda mais pois ele sente que o gato o persegue, sempre vigilante. Então ele resolve enforcar o gato em uma árvore nos fundos da casa. Nessa mesma noite a casa pega fogo. Esse seria o primeiro dos infortúnios relacionados ao gato preto. O conto segue com a fúria do homem e o trágico sofrimento da esposa. Leia o conto completo AQUI.
Outro conto famoso é O Barril de Amontilhado. É uma história curta sobre vingança. Inicia-se com o narrador, Montresor, irado jurando vingança ao amigo Fortunato. Ele diz estar farto das ofensas recebidas, e reforça a necessidade que tem de vingar-se sem sofrer consequências por seus atos. Ele então inventa uma desculpa para levar Fortunato a sua adega particular. Diz ter adquirido um vinho que julga ser Amontilhado, mas que contava com a experiência do amigo para avaliá-lo. A vingança será um ato cruel executado com calma espantosa. Leia o conto completo AQUI.
O terceiro conto, e o que mais gosto, Os crimes da rua Morgue é a história da investigação de um crime misterioso e complicado. Duas mulheres são cruelmente mortas dentro da própria casa. O caso parece não ter solução. Cabe, portanto, a Durpin, um homem criativo e sistemático, desvendar o segredo por trás dos crimes. Leia o conto completo AQUI.
Minha Avaliação: ♦♦♦♦♦ (Bom)

Confira o filme "Os crimes da rua Morgue" com Bela Lugosi:
Parte I


É isso aí. Espero que tenham gostado. Até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

☺ Obrigada por comentar. ☺
Volte sempre ao Hellen's Stuffs!

Beijos♥
H.C.C.Reis

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...