sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

O Leitor Recomenda: Alguém para Amar - Judith McNaugth

Quem recomenda:
Carolina Lopes

Blog/Site:
Cantinho da Carolina

Título do livro:
Alguém para Amar

Autor:
Judith McNaugth

Tema:
Romance

Gênero:
Literatura Estrangeira

Classificação:
♦♦♦♦♦ (Ótimo)

Sinopse:
“Uma bela condessa de dezessete anos só podia estar destinada a brilhar na requintada sociedade de Londres. Mas Elizabeth Cameron era muito diferente das jovens de sua época. Órfã, havia sido criada longe dos salões londrinos e não sabia que ligações afetivas e financeiras frequentemente se entrelaçavam, em sutis arranjos de interesses. Não por acaso sua festa de debutante resultou num verdadeiro escândalo: era ingénua demais para suspeitar de intrigas, impulsiva e imatura em excesso para lidar com lan Thornton, um homem atraente, no entanto perigosamente hábil nos jogos sociais. Elizabeth apaixonou-se por ele à primeira vista e, da noite para o dia, viu todos os seus sonhos se desmancharem. A paixão que sentia foi transformada em pecado, seu amor tornado impossível.”


O que achou do livro:
A leitura do livro é rápida e deliciosa, é aquele tipo de livro que você pega e não quer mais largar até terminar, e enquanto está lendo não vê o tempo passar. E quando acaba, deixa um gostinho de quero mais e aquela deliciosa depressão pós-livro. Adoro a escrita de Judith McNaught e dos três livros que li dela, esse é o melhor na minha opinião. Alguém para Amar é um livro imperdível. É um dos melhores romances que li.Todos que gostam de um bom romance histórico devem ler. Recomendadíssimo!!!

Trechos do livro:
"— E quanto à necessidade de saber quem eu sou, a resposta é muito simples. — As mãos dele acariciaram-lhe o rosto pálido e, depois, deslizaram até a nuca, segurando-a com delicadeza — Eu sou o homem com quem você vai se casar.
— Ah, meu Deus!
— Creio que é tarde demais para começar a rezar — brincou ele.
— Você... deve estar louco! — ela murmurou, trêmula.
— Sim, é exatamente o que eu penso — lan sussurrou e, inclinando a cabeça, pressionou os lábios em sua testa. Puxou-a contra o peito, abraçando-a como se soubesse que ela iria lutar, se tentasse avançar mais. — Não estava nos meus planos, srta. Cameron.
—Ah, por favor... — ela implorou, transtornada. —Não aja assim comigo, eu não entendo nada disso... Não sei o que está querendo...
— Quero você. — Segurando-lhe o queixo entre os dedos, lan obrigou-a a erguer o rosto e encarar seu olhar firme. — E você também me quer.
Elizabeth sentiu o corpo todo estremecer quando os lábios dele aproximaram-se dos seus, e tentou adiar o que sabia ser inevitável.
— Uma inglesa bem-criada não sente nada mais forte do que afeição — argumentou, citando uma das frases de Lucinda. Nós nunca nos apaixonamos. Os lábios quentes de lan tocaram os dela.
— Eu sou escocês — ele murmurou. — Nós nos apaixonamos."


Quer ver seu livro favorito postado aqui no blog? Recomende um livro AQUI!

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Nova Parceria: Paulo Wainberg

O blog começou o ano muito bem. Estou aqui novamente para apresentar o novo autor parceiro do Hellen's Stuffs. Trata-se do autor de vários livros publicados, o mais recente, "Unhas" pela editora Leya.
Um pouco de Paulo Wainberg e de seus livros:

Paulo Wainberg nasceu em 1944, em Porto Alegre, RS. É Bacharel em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Assim ele se descreve: Sou jovem, quase uma criança. Porque adoro futebol, gosto de acordar tarde e tenho paixão por sorvete. Sou também um senhor respeitável, advogado, pai de família, cabelos grisalhos e uma ou outra ruga no canto dos olhos. Nunca abandonei minha revolta com as injustiças, o desejo de um mundo melhor, o romantismo e o amor pela beleza, principalmente a feminina. Escrever não é sacrifício, muito pelo contrário, é um enorme prazer que descobri quando há cinqüenta e três anos li meu primeiro livro: Reinações de Narizinho, de Monteiro Lobato. Antes lia gibis, adorava O Pato Donald, Batman, Super-Homem, Brucutu e Os Sobrinhos do Capitão. Quando li o primeiro livro, fiquei encantado: ler sem figurinhas também era muito bom. E uma coisa me intrigou: Como é que se podia, apenas com palavras, contar uma história sem desenhos e, mesmo assim, eu conseguia “ver” os personagens, os ambientes, os caminhos percorridos? Foi uma revelação quase assustadora perceber que tudo o que Monteiro Lobato escrevia eu conseguia enxergar, como se houvesse desenhos na minha cabeça. Foi aí que resolvi ser escritor. Queria usar palavras para que os outros “vissem”, com os olhos da mente o que as palavras significavam. Então, comecei a escrever e não parei mais.

Livros:

Unhas
Ele era contador, tinha uma vida tranquila de classe média, esposa e filhos, um escritório com secretária e uma rotina sem transtornos. Porém, ao deparar-se com um desconhecido na recepção de um hotel, descobriu sua verdadeira vocação: ser um exterminador de paixões proibidas. Esta revelação mudou a vida deste homem até então tão tranqüilo. Os mandantes do crime são pessoas aparentemente normais, porém, almas atormentadas por uma paixão impossível. Há, por exemplo, o professor e pai de família que apaixona-se por sua aluna e larga todos para viver esse amor. Mas a jovem logo fica entediada e o abandona. Ele não suporta a perda e decide matá-la. Em um clima de suspense, que perpassa todas as páginas do livro, o escritor Paulo Wainberg, prende a atenção do leitor ao mergulhar na mente de um psicopata e não poupar detalhes, mesmo os mais cruéis. 





terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Nova Parceria: Vanessa de Cássia

Olá pessoal! Estou passando para anunciar a nova autora parceira do Hellen's Stuffs, a autora do livro "Entre amores cruzados", publicado pela editora Novo Século, Vanessa de Cássia. Para quem não conhecia, um pouco sobre a escritora e o livro:

"Sou trabalhadora, engraçada, cheia de dor, uma menina-mulher, 24 anos, filha de Rita e Edmilson, irmã da Andressa e Feiosa do Ita. Leitora de tudo. Apaixonada por livros, televisão, filmes, lanches, e muita música boa. Gosto de cores, sabores e lugares diferentes. Gosto do que me consome. Eu literalmente me adoro. Me curto. Tenho manias terríveis. Vou ter eternamente os cabelos vermelhos. E com várias tatuagens. Amo muito dançar, liberta a alma. Essa doce ilusão de achar que me entendo e ainda dividir com as pessoas os segredos da vida. Sou magrela, amarela, bela e tagarela. Amo sorrir e amo chorar. Gosto da felicidade e admiro a tristeza. Sou um pouco de tudo e um tudo de nada! Tenho várias caras. Uma é quase bonita, a outra é quase feia. Sou um o quê? Um quase tudo."






Livro:

 Verônica pensa que está voltando de suas crises diárias, vive em uma profunda dor, que ela mesma causa. Quando se vê diante do amor, onde tudo passa ou simplesmente some! O amor cura suas dores; Ela pensa assim. Começa a viver novamente e sentir o verdadeiro sentido da vida, fiel a ela e a seu amor para curá-la. Em sua busca ela encontra e reencontra amores, do presente e do passado. Ela se vê dividida, e decide vivenciar cada amor do seu jeito. Amando ela segue, mas só não sabe onde vai chegar esses amores. Que tanto a faz sentir-se viva, como pode ser seu verdadeiro buraco negro. Uma pequena grande mulher, tentando descobrir as aventuras e desventuras do amor... Vivendo um bom e quente triângulo amoroso.
Com palavras doces, sentimentos contidos, amor corriqueiro, muita sensualidade, lutas por vencer e um grande desafio aos que lerem com carinho e dedicação, assim como foi feita essa incrível história... 

domingo, 8 de janeiro de 2012

A Esperança - Suzanne Collins

Título: A Esperança
Título Original: Mockingjay
Autora: Suzanne Collins
Editora: Rocco
Tradução: Alexandre D'Elia
ISBN: 978-85-7980-086-3
Finalmente a submissão dará lugar à liberdade. Será?

A guerra é mais voraz do que qualquer jogo.
Haverá vencedor na luta contra a Capital?

Depois de sobreviver duas vezes à crueldade de uma arena projetada para destruí-la, Katniss acreditava que não precisaria mais lutar. Mas as regras do jogo mudaram: com a chegada dos rebeldes do lendário Distrito 13, enfim é possível organizar uma resistência. Começou a revolução.
A coragem de Katniss nos jogos fez nascer a esperança em um país disposto a fazer de tudo para se livrar da opressão. E agora, contra a própria vontade, ela precisa assumir seu lugar como símbolo da causa rebelde. Ela precisa virar o Tordo.
O sucesso da revolução dependerá de Katniss aceitar ou não essa responsabilidade. Será que vale a pena colocar sua família em risco novamente? Será que as vidas de Peeta e Gale serão os tributos exigidos nessa nova guerra?

[Atenção para Spoillers do 1º e 2º livro da série]
Após participar dos cruéis Jogos Vorazes e do Massacre Quartenário, e sobreviver, Katniss Everdeen se vê como peça principal de uma teia política. Ela descobre que a explosão da arena-relógio já fora praticamente premeditada pelos líderes do Distrito 13, que afinal, existia. 
"Queimando. Ainda queimando, penso entorpecida. As chamas nas minas de carvão soltam fumaça preta ao longe. Todavia, não sobrou ninguém para se importar com isso.
Mais de 90 por cento da população do distrito está morta. Os mais ou menos oitocentos que restaram estão refugiados nos distrito 13 - o que, até onde si, é a mesma coisa que não ter mais casa para o resto da vida." - Página 12
Esses líderes do 13 escolheram resgatar Katniss da arena e deixaram Peeta para trás. Agora ela tem de se tornar o símbolo revolucionário, o Tordo.
Os rebeldes iniciam a guerra em todos os distritos, e Katniss, Gale, Finnick, e outros, são enviados para as batalhas para gravar propagandas de TV, que são lançadas na programação da Capital pelo astuto Beetee. Eles, no entanto, encaram situações de risco reais.
Peeta, que foi aprisionado pela Capital, sofre seus próprios momentos de terror. Ele é usado pela Capital para rebater os efeitos dos comerciais de guerra protagonizados pelo Tordo. Porém acaba atrapalhando ps planos do presidente Snow, e pagando caro por isso.
"- Katniss... como você imagina que tudo isso vai acabar? O que restará? Ninguém está seguro. Nem na Capital e nem nos distritos. E você... no 13... - Ele respira fundo, como se estivesse lutando para conseguir oxigênio, seus olhos com uma aparência insana - Estará morta de manhã!
(...)
A câmera arrancada de alguém filmando o ladrilho branco do chão. O som de botas. O impacto do golpe que é inseparável do grito de dor emitido por Peeta.
E o sangue dele espalhando-se pelo ladrilho." - Página 147
A guerra é infinitamente pior que as arenas, e modifica a vida de todos. As marcas que causa são profundas. Haveria alguma esperança para a Panem?
Este terceiro livro da trilogia Jogos Vorazes é surpreendente. O primeiro volume é marcado de ação, prende a atenção e causa fortes emoções, porém, de certa forma, possui um final previsível e desejado pelo leitor. O segundo Volume, Em Chamas, talvez o mais fraco da trilogia, brinda o leitor com um retorno a arena. Dessa vez o final do livro é abrupto. Em contrapartida, o terceiro livro é farto de acontecimentos. São tantos que acabam gerando a sensação de que o livro é muito maior do que na realidade. Mas o melhor é o final, que não se pode prever ou imaginar.
Suzanne Collins, digo sem medo, presenteou-nos com uma trilogia inesquecível, diferente de tudo o que já se viu por ai. Os personagens são profundamente bem trabalhados. É impossível abandonar as impressões que os livros causam, é uma verdadeira torrente de sensações das mais variadas.
Katniss, Peeta, Haymitch, o próprio vilão Snow, entre tantos outros, são perfeitamente caracterizados a ponto de parecerem reais e ganharem vida.
Sem dúvida esses livros entraram para a minha lista de favoritos. Completamente indicados.
Minha Avaliação: ♦♦♦♦♦ (Ótimo)

Série Completa:
Jogos Vorazes (já postado anteriormente)
Em Chamas (já postado anteriormente)
A Esperança

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Nova Parceria: Maurício Gomyde

Olá pessoal!
É com muita alegria que anuncio o novo parceiro do Hellen's Stuffs, o autor dos livros "Ainda não te disse nada" e "O Mundo de Vidro". Gentilmente o Maurício aceitou meu pedido de parceria e já está preparando surpresas para os leitores do blog já para o começo do mês de fevereiro.

Para quem não o conhece, um pouco de Maurício Gomyde:


"Nasci em São Paulo, capital. Meu pai é engenheiro e minha mãe pianista. Quando eu tinha 3 anos, meu pai foi chamado trabalhar no Ministério da Indústria e Comércio e viemos todos pra Brasília. Culpa da mudança da capital...

Brasília sempre foi uma cidade estranha. Bom, pelo menos pra quem é de fora. Mas eu já me considero brasiliense, e adoro isso aqui. Não mudo nem por decreto! rs Acho que é a cidade mais bonita do mundo, e, pelo menos quanto ao céu, isso é indiscutível!
Sou são-paulino, geminiano, escritor, músico (compositor, baterista, vocalista), gosto de comer qualquer coisa, menos fígado de boi, dobradinha e buchada de bode. Minhas comidas preferidas são bacalhau e a combinação arroz, feijão, carne moída, ovo e banana. Bebo pouco, prefiro cerveja. Nunca fumei, não fumo, nunca fumarei. Cigarros de qualquer espécie! Drogas, nem pensar. Também de qualquer espécie.
Estudei Engenharia Mecânica na UnB. Abandonei. Depois fui pra Ciência da Computação, também na UnB. Abandonei. Em seguida, consegui me formar em Processamento de Dados, pena Uneb. Finalmente! Depois, estudei dois anos de cinema, na UnB. Abandonei, também! Não sei se gostava de fazer vestibular, mas confesso que o gosto de abandonar o curso era amargo. Fazer o quê? Aconteceu... Sobrevivi e cá estou!"

Livros do autor:

Ainda não te disse nada
"Ninguém mais escreve cartas hoje em dia", Marina pensava. Até que um dia uma caiu em suas mãos por engano e mudou o rumo de sua vida. Levou-a ao lugar que ela sempre sonhou. E a conhecer o amor do jeito que nunca imaginou, da forma mais improvável do mundo...







O Mundo de Vidro
"Até onde pode ir a paixão de uma pessoa por outra? Como, quando e por que começa? Até que ponto pode-se cometer alguma loucura para fazer parte da vida de alguém? Quais as consequências da paixão avassaladora incompreendida? "

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Em Chamas - Suzanne Collins

Título: Em Chamas
Título Original: Catching Fire
Autora: Suzanne Collins
Editora: Rocco
Tradução: Alexandre D'Elia
ISBN: 978-85-7980-064-1
Páginas: 413
As fagulhas se acendem.
As chamas se espalham.
E a capital que vingança.

Depois da improvável e inusitada vitória de Katniss Everdeen e Peeta Mellark nos últimos Jogos Vorazes, algo parece ter mudado para sempre em Panem. Aqui e ali, distúrbios e agitações nos distritos dão sinais de que uma revolta é iminente. Katnisse e Peeta, representantes do paupérrimo Distrito 12, não apenas venceram os Jogos, mas ridicularizaram o governo e conseguiram fazer todos - incluindo o próprio Peeta- acreditarem que são um casal apaixonado.
A confusão na cabeça de Katniss não é menor do que a das ruas. Em meio ao turbilhão, ela pensa cada vez mais em seu melhor amigo, o jovem caçador Gale, mas é obrigada a fingir que o romance com Peeta é real. Já o governo parece especialmente preocupado com a influência que os dois adolescentes vitoriosos - transformados em verdadeiros ídolos nacionais - podem ter na população. Por isso, existem planos especiais para mantê-los sob controle, mesmo que isso signifique forçá-los a lutar novamente.

Depois do eletrizante Jogos Vorazes, a história de Katniss continua em Em Chamas. Após vencer os Jogos Vorazes, um Reality Show sanguinário imposto pela Capital, junto com Peeta, Katniss descobre que eles ainda correm sério perigo.
"Se pudesse escolher, tentaria esquecer por completo os Jogos Vorazes. Jamis falaria neles. Fingiria que não eram nada além de um sonho ruim. Mas a Turnê da Vitória torna isso impossível. Estrategicamente situada quase que entre um Jogo e outro, ela é uma maneira de manter o horror vivo e presente. Não apenas nós, residentes dos distritos, somos forçados a nos lembrar da mão de ferro do poder da Capital a cada ano, como também somos forçados a comemorá-la. E esse ano eu terei de viajar de distrito em distrito para aparecer diante das multidões entusiasmadas, que secretamente me odeiam, para olhar bem nos rostos dos familiares cujos filhos eu matei..." Página 10
O que aconteceu no final dos jogos, o episódio das amoras que causou uma vitória dupla, foi interpretado como um ato de rebeldia contra a Capital. Katniss recebe uma visita do próprio presidente Snow, que lhe faz um alerta para que ela concerte o mal que causou. A solução aparentemente é convencer a todos que sua atitude na arena foi por amor a Peeta. Ela descobre, porém, que por mais que se esforce, terá de enfrentara vingança da Capital. Não pode existir dois vitoriosos nos Jogos Vorazes.
"Giro a maçaneta de metal polido e entro. Meu nariz registra aromas conflitantes de rosas e sangue. Um homem pequeno e de cabelos bracos que me parece vagamente familiar está lendo um livro. Ele ergue um dedo como que para dizer: "Só um instante". Em seguida se vira, e meu coração quase para de bater.
Estou olhando bem nos olhos de serpente do presidente Snow." - Página 24
"Do ponto de vista do presidente, ignorei Peeta e ostentei minha preferência pela companhia de Gale diante de todo o distrito. E, ao fazer isso, deixei bem claro que estava, na realidade, fazendo pouco da Capital. Agora havia deixado Gale em perigo, e sua família e minha família e Peeta também, em função da minha falta de cuidado." - Página 36
O Massacre Quartenário está para acontecer em comemoração dos 75 anos de dominação da Capital sobre os Distritos. Este ano os organizadores decidem que os tributos que participarão do massacre serão um casal de vitoriosos de cada Distrito. Katniss está novamente nos Jogos Vorazes, dessa vez ela poderá ter como companheiro de Distrito Peeta ou Haymitch, seu mentor nos Jogos do ano anterior. Com um final surpreendente, Em Chamas da, com perfeição, continuidade a história iniciada em Jogos Vorazes.
"Balanço a cabeça afirmativamente. Ele quer dizer que só há um futuro possível, se eu quiser manter aqueles que amo vivos e permanecer viva. Terei de me casa com Peeta."
Apesar de não superar o livro anterior, este também me fez prender a respiração, vibrar e me surpreender. Suzanne Collins conseguiu desenvolver uma continuação sem perder a linha e mantendo o mesmo estilo do primeiro. Leitura indicada! (Indispensável seguir a ordem correta dos volumes).
Minha Avaliação: ♦♦♦♦ (Muito Bom)

Série Completa:

Jogos Vorazes (Já postado no blog)
Em Chamas
A Esperança

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...