segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Drácula - Bram Stoker

Título original: Dracula
Autor: Bram Stoker
Editora: Martin Claret
ISBN: 85723255700
Páginas: 438


“Denn die Todten reiten schnell”
(“Pois a morte viaja depressa”)


Conhecida por muitas pessoas a história do Conde Drácula foi retratada em diversos filmes, entretanto, são poucos os que leram o original de Bram Stoker. Fato pouco conhecido também é que o escritor inspirou-se em Vlad Dracul, ou Vlad III "O empalador", para desenvolver o personagem que ficaria conhecido em todo o mundo.
Vlad Dracul era príncipe da Valáquia (Bucareste, Romênia), e ficou conhecido pela luta contra os turcos para impedir a expansão do Islamismo. Até hoje é considerado pelos romenos como um herói, e lembrado por seus atos cruéis na guerra. O escritor irlandês Bram Stoker, inspirado nas lendas acerca da imortalidade de Vlad, criou o Conde Drácula.
O livro é narrado através de diários e cartas dos personagens. Jonathan Harker, Mina Harker, Dr. Seward e professor Van Helsing são as figuras principais da história. Tudo começa com a narrativa de Johathan Harker, um corretor de imóveis londrino que é enviado a Transilvânia para atender um cliente interessado em adquirir uma casa em Londres. Acontecimentos incomuns, entretanto, passam a apavorar o jovem que começa a suspeitar do velho Conde Drácula.

"Meia-noite — Tive uma longa conversa com o Conde. Fiz-lhe algumas perguntas sobre a história da Transilvânia e ele se entusiasmou com o assunto. Ao falar dos acontecimentos, especialmente das batalhas, parece que os presenciou. Explicou-me depois que tem tanto orgulho com sua casa como consigo próprio. Quando se refere à sua casa, diz sempre “nós”, e fala no plural, como um rei.     Nós os zequelis — disse ele — temos o direito de nos sentirmos orgulhosos, pois, em nossas veias corre o sangue de muitas raças valentes que travaram lutas leoninas para a conquista. Aqui, neste cadinho de raças européias, a tribo de Ugrie trouxe da Islândia o espírito belicoso que lhe deram Thor e Wodin e seus homens se lançaram com tal afã nas praias da Europa e também da África e da Ásia, que os povos pensavam que tinham aparecido os próprios lobisomens. Também para aqui vieram e se encontraram com os hunos, cuja fúria guerreira varrera a terra como uma fogueira, até que os povos moribundos afirmassem ter nas veias o sangue daquelas velhas feiticeiras que, expulsas da Cítia, cruzavam-se com os demônios no deserto. Idiotas! Que demônio ou bruxo foi tão grande quanto Átila, cujo sangue corre em nossas veias?" - Página 19

Percebendo que se encontra preso no castelo de um monstro, Harker foge. De volta a Londres descobre, com pavor, que o nobre Drácula está na cidade com o propósito sinistro de domina-la. Reunindo-se com um grupo de amigos que acreditam no perigo iminente que correm nas mãos de tal criatura, entre eles o médico psiquiatra Dr. John Seward e o estudioso homem de meia idade professor Van Helsing, Jonathan corre contra o tempo para salvar sua amada Mina Harker da malévola dominação do Conde Drácula.

"O luar estava tão claro que mesmo através da cortina da janela iluminava bastante o interior. No leito, junto da janela, Jonathan Harker dormia profundamente, como que narcotizado. Ajoelhada na beira do leito, estava o vulto branco de sua esposa. Ao seu lado, estava de pé um homem alto e magro, vestido de preto. Tinha o rosto virado para o outro lado, mas reconhecemos imediatamente o Conde, até pela cicatriz da testa. Com a mão esquerda, segurava as duas mãos da Sra. Harker e, com a direita, a segurava pela nuca. A camisola de dormir da Sra. Harker estava manchada com sangue, que escorria, também, pelo queixo do Conde e no seu peito." - Página 109

Este livro é um clássico da literatura estrangeira que merece, sem dúvida, ser lido. Curto e de fácil compreensão, prende a atenção do leitor devido a enorme quantidade de suspense e horror. Aos amantes do cinema que se interessarem pela história indico dois filmes, Dark Prince (2000), que conta a história de Vlad Dracul; e Drácula de Bram Stoker (1992), filme do diretor Francis Ford Coppola, que conta com a atuação de bons atores, entre ele, Winona Ryder e Anthony Hopkins.
Minha Avaliação: ♦♦♦♦♦ (Bom)

Faça o download do livro AQUI!
Leia o livro online AQUI!

5 comentários:

  1. Oi ..

    Não conhecia esse clássico, mas não sou muito fã dos mesmos. Mas quem sabe algum dia eu o pego para ler, já que é bom? :)

    Ótima resenha!

    João Victor
    Amigo do Livro
    http://www.amigodolivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. O livro é ótimo (versão em inglês impecável) e o filme então, sem palavras, um clássico mesmo! E ainda podemos contar com o perfeito Gary Oldman como Drácula...aiai
    Ótima resenha e parabéns pelo blog Hellenzita!

    ResponderExcluir
  3. Ahhhhhh adorooo a história do Vlad Tepes *---* adorooo mesmooooo!!!!!!

    nem tem graça queee tudo que tiver desse livro eu vou falar que ehh legal ¬¬ sou suspeito...mas olhaa...

    ehh um clássicãããooo 5 estrelas esse de Bram stoker, penaa que esse personagem tãããoo original! tããaoo criativo! tãão carismático se perdeu nas releituras...^^

    enfimm...um livrasso Chris!! uma ótima resenha adorei ^^ (#suspeito...) e de novo vc entendeu realmente a essência que o autor quis passar ^^

    bjaaaun *---*

    ResponderExcluir
  4. Não sei não... talvez eu não goste por ser em cartas e diários. Mas já que vc diz que é bom vou tentar ler novamente.
    Gostei desse segundo trecho mas que iria gostar mais ainda do livro se ele tivesse mais romance (vc sabe que me amarro num romancinho)!!!
    Mas acho que vou gostar mais do filme do que do livro. Então, baixe logo o filme que eu quero ir ver!
    Bjos, Carol.
    http://cantinhocarolina.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Olá,meu nome é Viviane,tenho um blog literário, e vim te pedir, de blogueira para blogueira que me ajude, visitando meu blog e seguindo,visitarei o seu tb. Estou no começo e tenho muito a aprender, para fazer de meu blog uma arma para difundir a leitura.Conto com vc, e desde já agradeço.

    Bjs.
    link d eu blog : http://vivianeblood.blogspot.com/

    Perdoe minha divulgação aqui, vc sabe como é complicado qd começamos um blog literário,espero que compreenda mesmo.Seu blog é muito legal, já estou seguindo, independente se visitar e seguir o meu.

    ResponderExcluir

☺ Obrigada por comentar. ☺
Volte sempre ao Hellen's Stuffs!

Beijos♥
H.C.C.Reis

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...