quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Histórias de Arrepiar - Regina Drummond

Histórias de arrepiar é uma seleção especialmente produzida para quem não tem medo do sobrenatural, do fantástico, do aterrorizante. É destinada a quem aprecia o frio na barriga, o suor gelado e o susto. Foi feita para quem gosta de viajar pelos meandros do lado negro da alma, para quem tem a intenção expressa de (re)descobrir o fascínio da maldade, da perversidade e da morte. Só vai agradar a quem gosta de ser surpreendido: o final de cada um dos textos pode deixar o leitor suspenso no ar, no vácuo entre o pavor, o medo e a pena - pena de a história ter acabado, é claro!
Regina Drummond criou alguns textos e selecionou outros, que traduziu e adaptou, escritos por autores consagrados. A narrativa é clara, fluente e envolvente destinada a levar o leitor para outras dimensões nunca antes imaginadas com toda a suavidade de uma paulada no meio da testa ou a delicadeza de um soco no estômago.

Mas, cuidado: se você é medroso(a), por favor, não abra este livro. Ele não foi feito para você!


   Histórias de arrepiar é um livro de contos de terror, ou ao menos era essa a intenção.
As histórias são divididas em duas parte: Histórias que eu vi e Histórias que me contaram.

   Os contos intitulados Histórias que eu vi tem o poder de fazer qualquer um abandonar a leitura. São pouco convincentes, cansativos, e sem nenhum fundamento. Do tipo que inspira um desejo cruel de lançar o livro pela janela. São eles:

O Pássaro
   Sobre um homem que estava vivendo o dilema de permitir uma eutanásia ou deixar o pai vegetando em uma cama de hospital. Ele ao que tudo indica chega a uma decisão quando um pássaro dá de cara contra o vidro de sua janela e quebra a asa. Ele então percebe o quanto seria difícil o animal viver sem poder voar. Sua decisão vem dessa observação, e fim de conto. (medo? terror?)

História de mulheres
   Esta se inicia com uma mulher paralisada de medo por causa de um monstro que ela descreve como aterrorizante. Não tem segredo, se você pensar um pouco sabe de que monstro se trata.

Vida alternativa
   Uma garota aparentemente comum que guarda um grande segredo sobre sua real identidade.

Um gato preto como outro qualquer
   Um ser misterioso que passa dias conquistando a confiança de um gato com um objetivo suspeito.

A boneca de porcelana
   Uma mulher prestes a fazer uma estranha experiência. (nessa parte pensei que o livro tinha se transformado de terror para ficção científica).

   O conjunto de Histórias que me contaram é até bem interessante. Elas com toda certeza salvaram o livro.
São elas:

As Bruxas da Floresta
   Inspirado numa lenda Romena, dois homens se perdem na floresta onde as bruxas habitavam no topo das árvores.

A Cafeteira
   Adaptação a partir do original de Théophile Gautier, escritor, crítico e jornalista francês. Apesar do título parecer pouco interessante a história é boa. Sobre um grupo de amigos que vão passar uma noite na estranha casa de um deles. Durante a noite no quarto de dormir, Théodore presencia um estranho baile em seu quarto. (gostei dessa história, tive vontade de ler o original completo).

Sredni Vashtar
   Adaptado de Saki, um autor nascido na Birmânia e morto na Primeira Guerra Mundial. Essa é a melhor história do livro. Sobre um menino com um instinto curiosamente cruel, que adquire um furão e faz dele seu deus. Ele entoa hinos ao animal e reza a ele pedindo que matasse sua tutora, Mrs. De Ropp. Seu deus furão se chamava Sredni Vashtar.

Vera
   Adaptação a partir do original de August Villiers de L'Isle-Adam, escritor francês. Sobre um viúvo que teima em negar para si mesmo a morte de sua querida esposa Vera.

Homens de Mármore
   Adaptação a partir do original de E. Nesbit escritora Inglesa. Sobre um casal que compra uma casa sem suspeitar que aquele lugar era alvo de uma maldição terrível que se seguia todos os anos.



3 comentários:

  1. Nossa eu não curto histórias com pássaros...
    Acho estranho...
    Mas amo esse mundo de terror/suspense.
    Floresta sempre tem alguma coisa haha

    adorei a resenha

    http://obsessionvalley.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Esse é o tal do "Nunca julgue um livro pelo resumo". Por que pelo resumo esse livro parece ser otimo.
    Imagino a decepção de quem comprou e percebeu que não era tão assustador assim =P

    teh

    http://misscarbono.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. esse livro e mo chato li para a escola nao tem nada de terror quase morri nao entendi porcaria nenhuma aff
    ja vi coisas melhores
    gente nao conpre esse livrooooooooo

    ResponderExcluir

☺ Obrigada por comentar. ☺
Volte sempre ao Hellen's Stuffs!

Beijos♥
H.C.C.Reis

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...