quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Um Amor Proibido - Morgan Llywelyn

Dizem que as fadas não são imortais. Elas vivem muito, mas também conhecem a morte. E quando uma delas morre, a melodia de seu pesar é o som mais doce e triste do mundo.


Irlanda, 1542


Luz da minha vida

Diz uma antiga lenda que os Sidhe são espíritos celtas, criaturas egoístas que levam uma vida superficial, marcada por irresponsabilidades e excessos. Sendo uma Sihde, Lasair nunca se interessou por amar alguém, até o dia em que fica conhecendo Cormac Casey...
Cormac é um artista itinerante, um desenhista que observa locais místicos para reproduzi-los em ilustrações para um livro, quando é repentinamente atingido pela flecha do amor ao deparar com a deslumbrante Lasair, uma jovem com a beleza de uma fada...
Mas Lasair corre um sério risco se entregar seu coração a Cormac, um perigo que provém não só de sua própria gente como do simples fato de amar um homem que não faça parte de seu povo, pois assim como uma fada pode extrair forças de um humano, um humano pode seifar a vida de uma fada... Será o amor de Cormac e Lasair suficientemente poderoso para vencer as forças inclinadas a destruí-lo?...


Não tenho nem o que dizer de tal livro. Primeiramente não faz totalmente o meu estilo, apenas li por falta de outro melhor. É uma história de fadas e elfos celtas que não se misturam com os humanos, vivendo escondidos na floresta. Eles são como animais, relacionando-se livremente com todos, mas sem sentir nenhum sentimento mais forte.
Logo nas primeiras páginas a fada amante Lasair encontra um forasteiro na floresta e cai de amores por ele, sendo obviamente correspondida (como não poderia deixar de ser já que se trata de fantasia).
Cormac sabe de lendas a respeito dos Sihde, e conversando com um garotinho até ouve histórias sobre homens que se envolveram com fadas e se deram mal. Apesar de todos os avisos ele se envolve com Lasair, e dai por diante a ladainha apenas piora.
São 146 páginas que não acrescentam nada. Não indico, ao contrário, recomendaria a todos que corressem desse livro.



3 comentários:

  1. concordo plenamente
    que se conte pelos autos que foi você quem me deu tal livro
    mas mesmo assim obrigada
    valeu a intenção de presentearme pelo aniversário. e apesar de ter descendencia meu tenebroso
    esse livro e imbecil sei lá e como você disse não acrescenta em nada.

    ResponderExcluir
  2. Adorei o visu novo.
    Vc escaneia uma foto pra mim? Minha impressora está convalescente.
    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Tem selo pra vc lá no blog.
    http://cantinhocarolina.blogspot.com/2011/01/selinho.html

    PARABÉNS!!! (*_')
    BJOS

    ResponderExcluir

☺ Obrigada por comentar. ☺
Volte sempre ao Hellen's Stuffs!

Beijos♥
H.C.C.Reis

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...