terça-feira, 8 de junho de 2010

Madame Bovary - Gustave Flaubert

"Madame Bovary c'est moi"-Gustave Flaubert

Madame Bovary é sem sombra de dúvidas um dos melhores livros que existem. Sendo considerado a obra que iniciou o Realismo Europeu, é um romance fantástico.

Conta a história de Emma Bovary, casada com Charles Bovary. Narra a vida dessa sensível mulher, de seu casamento até seu declínio.

Este livro foi julgado com maus olhos pela sociedade de sua época, sendo considerado pecaminoso e uma afronta à moral de sua época.

Para livrar-se tais acusações, o frances Gustave Flaubert disse certa vez, "Madame Bovary sou eu".

O livro é dividido em 3 partes, sendo a primeira iniciada de maneira peculiar, narrada em 2° pessoa. Esse narrador presente desaparece logo, e dá lugar a narrativa em 3º pessoa. Outro fator curioso é que, apesar de dar nome ao livro, a história não começa com Emma Bovary, e sim narrando a adolescencia de Charles Bovary.
Apesar de ter sido muito condenado quando foi lançado, atualmente Madame Bovary é devidamente honrado e considerado como um grande clássico da literatura mundial.
Uma passagem muito curiosa do livro, e que foi praticamente proibida na Europa quando foi lançada, é a "Cena do Fiacre", em que não há dialogo algum, apenas o nome dos lugares por onde a carruagem passa com Emma e seu amante trancados dentro, dando a entender que passaram horas ali. Nada é narrado, apenas sugerido.
trecho:
"Porém, repentinamente , lançou-se com um salto através de Quatremares, Sotteville, a Grande-Chaussée, a rua d'Elbeuf e parou pela terceira vez diante do jardin des Plantes.
-Vá em frente- exclamou a voz com ainda mais fúria.
E retomando logo sua corrida, ela passou por Saint Sever, pelo cais dos Curandiers, pelo cais dos Meules, mais uma vez pela ponte, pela praça do Champs-de-Mars e atrás dos jardins do hospital, onde alguns velhos de casaco preto passeavam ao sol ao longo de um terraço coberto por heras verdes. Subiu novamente o bulevar Bouvreuil, percorreu o boulevar Cauchoise, em seguida todo o Mont-Riboudet até a encosta de Deville.
Voltou; e então, sem direção nem destino, ela vagabundeou ao acaso. Foi vista em Saint-Pol, em Lescure, no monte Gargan, na Rouge-Mare e na praça do Gaillard-bois; na rua Maladrerie, na rua Dinanderie, diante de Saint-Romain, Saint Vieille-Tour, nas Trois-Pipes e no Cemitério Monumental. De tempos em tempos, o cocheiro, em seu assento, lançava olhares desesperados as tabernas.
Não compreendia que furor de locomoção levava tais indivíduos a não querer deter-se. Procurava fazê-lo, algumas vezes, e logo ouvia atrás de si exclamações de cólera. Então, fustigava ainda mais seus dois matungos cobertos de suor, mas sem preocupar-se com os solavancos, esbarrando ora aqui ora acolá, sem se importar, arrasado e quase chorando de sede, de cansaço e de tristeza.
E no porto, em meio aos carroções e aos barris, e nas ruas, nos marcos das encruzilhadas, os burgueses esbugalhavam os olhos assombrados diante daquela coisa tão extraordinária na província, uma carruagem com os estores fechados e que aparecia assim continuamente, mais fechada do que um túmulo e sacudida como um navio."


Filme:



Madame Bovary, foi adaptado ao cinema.
Confira a ficha técnica:

titulo original: (Madame Bovary)
lançamento: 1991 (França)
direção: Claude Chabrol
atores: Isabelle Huppert , Jean-François Balmer , Christophe Malavoy , Jean Yanne , Lucas Belvaux
duração: 136 min
gênero: Drama

Sinopse: "França, século XIX. Emma (Isabelle Huppert) é uma jovem camponesa que aspira coisas melhores na vida. Ela então se casa com um rico médico, Charles Bovary (Jean-François Balmer), que conheceu quando ele foi cuidar de seu pai quando este quebrou a perna, apenas para obter ascensão social. Charles, além de ser mais velho, é bem metódico. À medida que cresce a intimidade de suas vidas um crescente desapego distancia Emma do marido, pois as conversas dele eram planas como o chão e isto a entedia. Sentindo um claro desprezo por seu marido, Emma passa a ter amantes e fazer grandes gastos."


Para Baixar o E-Book de MADAME BOVARY clique Aqui!


Um comentário:

☺ Obrigada por comentar. ☺
Volte sempre ao Hellen's Stuffs!

Beijos♥
H.C.C.Reis

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...