quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

O Pianista - Wladyslaw Szpilman

Uma autobiografia de Wladyslaw Szpilman, ao mesmo tempo um documento de um período marcado por sangue. Szpilman era pianista quando estourou a segunda guerra, e se salvou do holocausto, podendo posteriormente publicar sua história.
"Da vida para o livro.
Wladyslaw Szpilman nasce em 1911 em Sosnowiec, na Polônia. Ainda jovem, estuda piano com Joseph Smidowicz e Alexander Michalowski, antigos alunos de Liszt. Em 1931, parte para Berlim para continuar seus estudos na Academia de Música. Durante esses anos compõe um Concerto para violino, a suite Zycie Maszyn (A vida das máquinas), e várias outras peças para piano e orquestra, para violão e também muitas canções populares que lhe valeriam uma bela reputação em seu país. Rapidamente é considerado um compositor promissor e um pianista virtuoso.Em 1935, Szpilman é contratado pela Rádio Estatal polonesa, em Varsóvia. Em 1939, enquanto interpreta um noturno de Chopin, uma bomba jogada por um avião da Luftwaffe destrói o transmissor da estação de rádio. É o início da agonia do pianista, que duraria seis anos.E é em 1945, quando a rádio polonesa volta a funcionar, que ele recomeça, interpretando o final do "Noturno em C menor", de Chopin, que fora obrigado a interromper brutalmente, seis anos antes. Por coincidência, esse mesmo "Noturno" salva sua vida quando, quase no final da guerra, é descoberto no seu último esconderijo por um oficial alemão, que o faz tocar em um piano no meio de uma Varsóvia em ruínas.Em 1946, com o título "Morte da cidade", publica o livro em que relata o seu incrível destino. O tom da obra é autêntico, rejeitando a emoção fácil ao reconstituir a vida do gueto, dos algozes e das vítimas que o povoam. O livro é prontamente interditado pelas autoridades comunistas.Szpilman é então nomeado diretor musical da estação de rádio e dá grandes concertos na Europa e na América. Em seguida, continua a compor músicas que se tornam sucessos e hoje fazem parte do patrimônio cultural polonês. Na década de 1950, escreve canções para crianças, que lhe valeram o prêmio da União dos Compositores Poloneses, em 1955. Em 1961, funda o Festival Internacional da Canção, em Sopot, e a União dos Autores de Música Popular da Polônia. Em 1964, é eleito membro da Academia dos Compositores Poloneses.Seu filho, Andrejsz Szpilman, descobriu em 1998 o manuscrito de suas memórias e graças a isto é lançada uma nova edição na Alemanha.A obra obtém sucesso imediato. É traduzida no mundo inteiro, com destaque especial na França, sob o título "O Pianista", onde conquista o Prêmio de Melhor Livro de 2001, da redação de "Lire". Wladyslaw Szpilman morreu em Varsóvia, a 6 de julho de 2000, aos 88 anos." (Para ler esse artigo por inteiro click aqui !)
Curiosidade:
Não se sabe o que vinha no coração do homem, mas sabe-se que quem salvou Szpilman foi um soldado alemão. Bem, existe um bosque, ou praça, Ala dos justos, onde os judeus plantam árvores para homenagear as pessoas que salvaram um judeu. Adivinhem! Não existe uma árvore para esse soldado alemão...Como eu disse anteriormente, impossível saber o porque da atitude do homem, poderia ser interesse, afinal, a guerra já estava com os dias contados, e os alemães já sabiam que se dariam mal. Existem coisas que nunca saberemos!

A Noturno de Chopin
Wladyslaw tocava esta música no rádio quando foi interrompido pela guerra, e também se salvou tocando essa música. É como uma trilha sonora para a história.
Quem quiser baixar a música click AQUI!

 Minha opinião sobre esse livro é positiva. É um bom livro, inclusive, creio ser muito melhor conhecer a história de Szpilman, primeiro, atravez do livro. O diretor Roman Polanski fez um bom trabalho com o filme baseado na obra...mas nada como o bom original!
Para Baixar o e-book do livro click AQUI !


segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Os Cinco Porquinhos - Agatha Christie

"Este porquinho foi ao mercado...
Este porquinho ficou em casa...
Este porquinho comeu rosbife...
Este porquinho não ganhou nada...
Este porquinho gritou 'cuim, cuim, cuim...'".

Dezesseis anos haviam se passado desde a condenação de Caroline Crale. Sua filha, Carla Lemarchant, porém tem certeza de que a mãe não era a assassina de seu pai Amyas Crale. Por isso contrata o famoso detetive Hercule Poirot para desvendar os acontecimentos daqueles dias terriveis.
Usando de toda sua astúcia Poirot aceita o caso e começa a investigação. Tem porém o impasse de descobrir o que dezesseis anos trataram de encobrir. Faz uma lista das pessoas que teriam tido a chance de assassinar Amyas, e são eles: Philip Blake, o melhor amigo do morto; Meredith Blake, farmacêutico; Elsa Greer, a amante de Crale; Cecilia Williams, a governanta da casa; e Angela Warren a jovem de quinze anos, irmã de Caroline.
Utilizando-se apenas da análise dos testemunhos Hercules Poitot decifra os mistérios que cercam morte.
Um final imprevisível aguarda o leitor de mais essa obra da rainha do Suspense.



Apreciei a leitura deste livro. Mas devo expressar minha opinião ao leitor. Não é o melhor livro de Agatha, portanto se você nunca leu outro título não começe por este!
Considero que Os Cinco Porquinhos, apresar de ter me surpreendido muito, tem um andamento mais lento. Sem sangue, grandes perseguições ou imprevistos. Indico para os grandes apreciadores de Romances Policiais e para aqueles que estão começando a adquirir esse vício.

Para baixar o e-book click aqui!




quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Sweeney Todd - O barbeiro demoniaco da rua Fleet


"Assustador, monstruosamente divertido e melodicamente emocionante. Um conto belo e magnético"
- Peter Travis ROLLING STONE




Elenco: Johnny Depp, Helena Bonham Carter, Sacha Baron Cohen, Alan Rickman, Timothy Spall.
Direção: Tim Burton
Gênero: Suspense
Distribuidora: Warner Bros.


"Tim Burton e Johnny Depp: dois grandes talentos lendarios unidos novamente. O diretor e a estrela de cinco de seus filmes agora somam as suas filmografias este Thriller baseado na peça mundialmente famosade Stephen Sondheim. Este conto se passa na Londres do século XIX, quando um barbeiro, com um plano de vingança em sua mente e uma navalha na mão,
dá vida a essa trama que mistura sangue, mistério, romance e humor à música e visual caprichados. Helena Bonham Carter, Alan Rickman e Sacha Baron Cohen co- estrelam essa obra de arte, respectivamente, como a parceira e as vítimas de Sweeney. Precisa fazer a barba? Corte bem rente? Sweeney Todd está esperando por você..."




Filme muito bom. Para as pessoas que apreciam um bom musical fica ai a dica.
A critica quanto a música não foi na maioria das vezes positiva. Entretanto, quando se avalia um filme é necessário se pensar onde o diretor desejava chegar. Tim Burton fez exatamente o que queria, os atores não são ótimos cantores, mas de impecável atuação.
As músicas não ganharam técnicas vocais, mas ganharam vida e alma com a atuação destes. Tim Burton não é amante de musicais, e tenho certeza que o que ele buscava era isso, um filme de qualidade, fora dos padrões.
 Não deixo de me arrepiar quando escuto as músicas, muito sensíveis, todas compostas de acordes incomuns que acrescentam um tom tenebroso ao filme.

Prêmios
2 Globos de ouro:
Melhor Filme - musical ou comédia
Melhor Ator - Johnny Depp
Vencedor do Oscar de Melhor Direção de Arte









Musicas:
01. Opening Title
02. No Place Life London
03. The Worst Pies in London
04. Poor Thing
05. My Friends
06. Green Finch and Linnett Bird
07. Johanna
08. Pirelli’s Miracle Elixir
09. The Contest
10. Wait
11. Pretty Women
12. Epiphany
13. A Little Priest
14. Johanna
15. God, That´s Good!
16. By The Sea
17. Not While I´m Around
Para baixar a trilha sonora click aqui!






O Homem do Terno Marrom - Agatha Christie




Aquele homem do terno marrom , com uma sicatriz no rosto, atraia Anne Beddingfield tanto quanto a repelia. Seria ele um assassino? Qual a sua participação num crime hediondo e misterioso. Dominada por uma estranha compulsão, Anne precisava encontrar as respostas...


Este livro é uma engenhosa mistura de romance policial e aventura. Trata de aventuras românticas e perigosas, vividas por sua protagonista, uma orfã atraente e corajosa chamada Anne Beddingfeld, que, quando menos espera, está no meio de uma enrascada, cheia de acontecimentos terríveis e misteriosos, que superam seus estranhos sonhos de levar uma vida semelhante à das mais destemidas heroínas de ficção. Escrita sempre na primeira pessoa, a narração divide-se habilidosamente entre o que Anne conta e o que no seu diário escreve Sir Eustace Pedler. O hilariante humor de Pedler, serve de contrapeso ao aceso romanticismo da jovem, que lutará contra uma quadrilha de criminosos cruéis dirigidos por um temível e enigmático personagem chamado “O Coronel". Atrás das marcas deixadas por este enganoso coronel — fascinado, além disso, pela beleza e pelo caráter de Anne — também participa um coronel de verdade, Race, alto funcionário do Serviço Secreto, que intervém em outros romances de Agatha Christie como grande amigo de Hercule Poirot.
Para baixar o E-book click aqui!

Um livro diferente do que é esperado quando se ouve o nome Agatha Christie. fiquei surpresa quando percebi que teria um romance à vista, coisa difícil de encontrar nos livros da Agatha. Também ví que muitos leitores abandonaram o livro e fizeram péssimos comentários a respeito. De fato, não é um livro perfeito, e me serviu perfeitamnete para duvidar ainda mais de que todos os livros assinados por Agatha Christie são realmente dela.
Aos que adquiriram má impressão da obra, tentem relevar os comentários. Eu mesma tive de começar 3 vezes a ler para conseguir ir até o fim, e acabei por descobrir ter valido à pena.





segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Nada dura para sempre - Sidney Sheldon

"O promotor distrital Carl Andrews estava furioso.
_Mas o que está acontecendo aqui?_indagou ele_
Temos três médicas vivendo juntas e trabalhando no mesmo hospital.
Uma delas quase consegue fechar um hospital inteiro,a segunda mata um paciente por um milhão de dolares, e a terceira é assassinada!"

Betty Talft, que os amigos tratam por Honey, Kate Hunter e Paige Taylor têm uma das mais nobres profissões. Elas são as únicas mulheres que fazem parte de um grupo de médicos residentes do Embarcadero County Hospital, o mais velho Hospital de S. Francisco. Além de trabalharem juntas, partilham também o apartamento onde vivem. Mas um dia começam a enfrentar situações no mínimo insólitas: Betty quase provoca a interdição do hospital, Kate é assassinada e Paige é acusada de matar um doente que se encontrava em fase terminal em troca de um milhão de dólares.Neste romance em que se combinam decisões de vida ou morte nas salas de operação, as tensões dos tribunais e a ambição e medos dos médicos Sidney Sheldon revela-nos os bastidores dos grandes hospitais.


Para baixar o e-book click aqui!


Este foi o primeiro livro que li do Sidney Sheldon à mais ou menos 4 anos atrás. Posso afirmar que não pude mais me esquecer dele, e por vários motivos. Se a primeira impressão é a que conta, então penso que minha impressão não poderia ser melhor, e me custou um vício terrível!
Um livro maravilhoso, que com certeza vai surpreender o leitor, como me surpreendeu.



terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

A escolha do Amor - Denise Lynn


Um nobre Cavaleiro em uma arriscada missão!


Sob ordens do rei, Darius de Faucon deve cumprir uma difícil missão: enfrentar os perigos do reino para proteger a viúva de Thornson Keep até que lhe seja encontrado um novo marido.

Uma tarefa simples para um guerreiro corajoso... Até ele descobrir que a viúva é a jovem Marguerite, seu amor de infância...Agora Lady Thornson!

Marguerite foi forçada a se casar com um homemque não amva, mas jamais se esqueceu dos momentos de paixão que compartilhara com Darius, tampoucodo presente que ele lhe dera sem saber... or isso, é seu dever afastar-se de Darius antes que ele descubra toda a verdade.
Para baixar o e-book click aqui!

Muito bom. Valeu cada página lida. É um livro leve e aconchegante, que se lê rápido e que te prende a atenção. Perfeito não é, e por isso posso dizer que não foi perfeitamente arrematado, uma confusão de passado e presente que ocorreu e poderia sido corrigida com algumas páginas a mais...um pouco mais de descrições, para que o leitor possa visualizar com maior clareza as cenas .

Apesar disso, um ponto positivo foi a cena final... não é qualquer escritor que consegue uma boa cena final, e com certeza Denise Lynn conseguiu.





Filha de Camelot - Quinn Taylor Evans


Inglaterra, século XI

Orfã da única mãe que conhecera, Rianne cresce fora dos limites de Camelot, sem saber que era herdeira de um legado de magia forjado nas Brumas de Avalon. Até que um jovem e belo cavaleiro chegou à sua procura, despertando nela anseios e desejos desconhecidos...

Tristão estava preparado para enfrentar em combate o guerreiro inimigo que ameaçava a paz de Camelot. Atendendo ao pedido da mulher que o criara, Tristão partiu em busca da menina que ela enviara para longe de Avalonanos atrás...e o que ele encontrou foi uma jovem linda e apaixonada, cujos poderesimortaisdeterminariam o destino de Camelot e de seu próprio coração!
Para baixar o e-book click aqui!

Não foi o melhor que li do tipo Classicos Históricos. Mas a minha pequena antipatia pela história é meramente pessoal... É um bom livro, com um bom enredo, porém com fantasia a mais do que eu procuraria em uma leitura assim...Esperava mais guerras e lindos cavaleiros medievais, e o que encontrei foi uma batalha ideologica e espiritual no mundo da fantasia...

É claro que é minha opinião, e nada mais.

Para fãs de literatura fantástica, Harry Potter, Eldest, Eragon e similares vale a dica!





LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...